O que você precisa saber antes de viajar ao Chile no inverno?

Agora que as temperaturas estão baixando e o inverno está próximo de chegar, a procura por viagens ao Chile sobe absurdamente, já que a maioria dos turistas brasileiros espera encontrar as cordilheiras nevadas e, em muitos casos, ter a oportunidade de tocar a neve pela primeira vez.

Sabendo dessa alta demanda e que muitos dos visitantes vêm com muita expectativa, nós da TourGo separamos algumas informações essenciais para que todos tenham a melhor experiência possível aqui no país andino.

Pré-viagem

Planejamento: Antes de tudo, planejar a sua viagem ajuda que frustações não ocorram e que o tempo durante a estadia seja melhor aproveitado. Planeje quantos dias ficará no país e quanto dinheiro será suficiente para a realização dos tours, para a alimentação e o transporte, levando em conta também as possíveis compras.

Outro fator importante é a organização da agenda para a realização dos passeios, contribuindo para que a viagem seja melhor aproveitada. Mas, se você não souber quais os principais pontos turísticos visitar, nós da TourGo te ajudamos no planejamento dos seus tours.

Arrumando a mala: De junho a meados de setembro, os termômetros na região metropolitana do Chile podem chegar a 5 graus negativos e, no sul do país, a média chega a ser bem mais baixa, exigindo peças que suportem o frio, principalmente nas cordilheiras, onde a temperatura pode ser ainda menor. Por isso, não se esqueça de colocar em sua bagagem blusas apropriadas para o clima, assim como cachecóis, luvas, meias e gorros. Outra dica importante é dar preferência aos sapatos sem salto alto e que sejam muito confortáveis, já que em Santiago, por exemplo, é possível realizar passeios caminhando e utilizando o transporte público de um ponto ao outro da capital.

Neve e as cordilheiras

Estação de Esqui Valle Nevado

Ao visitar a capital chilena, além de poder conhecer El Colorado, Farellones e La Parva, você terá a oportunidade de visitar Valle Nevado, a principal estação de esqui próxima de Santiago.

Por ser mundialmente conhecido por possuir as melhores pistas para esquiar, o local atrai milhares de turistas todos os anos, desde os esquiadores profissionais até aqueles que desejam experimentar a sensação de deslizar na neve pela primeira vez.

Outro destino que não pode faltar no roteiro é a visita ao vale conhecido como Cajón del Maipo. O ponto turístico está localizado na Cordilheira dos Andes e é formado por diversos pequenos povoados, entre eles San José del Maipo, uma pequena cidade que carrega muita história do país.

Além dessas atrações, sem duvidas o destino mais esperado em Cajón del Maipo é o Embalse el Yeso, uma represa de águas de tonalidade azul turquesa, que abastace Santiago.

Vinícolas

Degustação vinícola

No roteiro da viagem, é quase que uma obrigação visitar uma das centenas vinícolas chilenas, já que o país é um dos maiores exportadores de vinhos do mundo. Com essa experiência, é possível ver de perto uma plantação e colheita das uvas, aprender os tipos de uvas existentes e entender com que tipo de comida cada uma delas harmoniza melhor. Tudo isso durante uma verdadeira aula e degustação guiados por um sommelier.

Entre as vinícolas buscadas estão: Casas del Bosque, Concha y Toro, Emiliana, Indómita, El Principal e Haras del Pirque.

Nem tudo é só neve

O Chile, e principalmente sua capital, a cidade de Santiago, oferece milhares de atrações além da neve. Caminhar por suas ruas é estar preparado para respirar cultura e admirar as curvas e formas arquitetônicas de seus prédios, museus e ruas.

A metrópole oferece ao turista dezenas de opções de roteiros, entre eles subir pelos morros dos Cerros Santa Lucia e Cerro San Cristóbal, andar e admirar a beleza com ar europeia dos bairros Belas Artes, Itália e Lastarria e curtir uma boa comida no pátio Bellavista, localizado no bairro que leva o seu nome.

Por último, não se esqueça de trazer a sua maquina fotográfica para eternizar esses momentos. Mas, uma dica amiga, não se prenda a ela, já que a melhor maneira de relembrar essa experiência é recorrendo às próprias lembranças e vivências.

 

Quer saber mais? Acesse: www.tourgo.cl

 
 
 
 
 
 

Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram
SOCIALICON


 
®TOURGO